Aluguel de casas de férias é o DNA do turismo na Flórida, diz locadora

Condomínio de Férias em Kissimmee-FL - Foto: OnevoxSolutions

Estado americano atraiu mais de 113 milhões de visitantes no ano passado. Os gastos turísticos nacionais e internacionais na economia da Flórida totalizaram US $ 109 bilhões em 2016, gerando 1,4 milhão de empregos, número que cresce a cada ano. Associação de locadoras de casas de férias estima impacto econômico positivo superior a U$ 31 bilhões de dólares após 2013.

Uma modalidade peculiar de hospedagem tem representado, nos últimos anos, um fator importantíssimo na estrutura turística do estado da Flórida. A locação de casas de férias nas cidades do estado representa hoje o ‘DNA’ do turismo regional. Esta constatação é o tema central do evento ‘Dia do Turismo da Flórida’ que acontece hoje, 17, na capital do estado.

A política de hospedagem adotada pela Flórida garante o diferencial do estado que busca acolher diferentes perfis de viajantes vindos de todo o mundo. Essa característica, associada ao potencial turístico do estado (praias, parques, atrações culturais), atribuem à Flórida a dianteira turística nos Estados Unidos, sendo o estado mais visitado por turistas anualmente.

CASAS DE FÉRIAS

Os aluguéis de casas inteiras para curtos períodos de hospedagem aumentam as possibilidades para viagens em grupos e famílias ao estado. Canais de vendas de hospedagem mundiais aderiram ao mercado da Flórida, conectando empresas locatárias de imóveis em curta temporada e turistas, aumentando vertiginosamente o turismo na região.

Outro benefício da hospedagem em casas de férias, que incrementa as opções de hospedagem no estado é a geração de maior atividade econômica em áreas fora dos distritos hoteleiros tradicionais, apoiando milhares de empregos locais em comunidades em revitalização. O impacto econômico é gigantesto.

Dados do último relatório divulgado pela organização de empresas de locação de casas de férias da Flórida (Florida VRMA) mostram o resultado de U$ 31 bilhões de dólares gerados em atividades econômicas e 322 mil empregos gerados em 2013. O número deve ter mais que dobrado atualmente.

Márcio Teixeira – Diretor da Fidelity Vacation Homes

O brasileiro Márcio Teixeira, Diretor da Fidelity Vacation Homes, uma das maiores imobiliárias que administram e alugam casas de férias em Orlando-FL, acredita que o cenário deve seguir promissor e que os turistas já aderem em massa esta modalidade de hospedagem, segundo ele, mais confortável e privativa.

“Nossas casas administradas oferecem uma experiência de viagem muito mais incrível para quem procura privacidade e conforto. Ficar em uma casa com a família toda unida é muito mais agradável que a hospedagem em quartos de hotéis isolados. Essa conveniência e os fatores que geram economia na viagem ao escolher uma casa de férias, é que justificam estes números exorbitantes e de sucesso no nosso setor”, pondera Teixeira.

Com informações: Sun Sentinel