Mudança nos EUA: Veja 6 cidades americanas que oferecem benefícios para atrair novos moradores

Detroit, Michigan, é uma das várias cidades que está incentivando novos moradores a se mudarem para lá. f11photo / Shutterstock

Ajuda de custo de até U$10 mil dólares, empréstimo estudantil, isenção de imposto de renda e até concessão de terrenos gratuitos estão entre os benefícios oferecidos pelas cidades que buscam preencher vagas de trabalho e aumentar seu ritmo urbano.

Grandes cidades americanas como Nova York, São Francisco e Miami têm pouca ou quase nenhuma dificuldade em encontrar mão-de-obra para ocupar postos de trabalho disponíveis. Contudo, a situação é completamente diferente em cidades menores. Muitas delas estão, inclusive oferecendo incentivos para atrair trabalhadores / moradores.

Veja abaixo algumas dessas cidades e quais os benefícios elas oferecem para novos moradores:

Hamilton, Ohio, 

Câmara de Comércio de Greater Hamilton – ajudará os novos residentes a pagar seus empréstimos estudantis

Os graduados em faculdade que se mudam para Hamilton, localizados a cerca de 45 minutos ao norte de Cincinnati, podem receber até US $ 5.000 para pagar seus empréstimos estudantis. A cidade iniciou em fevereiro deste ano um programa conhecido como “bolsa reversa” segundo divulgado pelo jornal ‘Hamilton-Middletown Journal-News’.

Os estudantes que se formaram nos últimos sete anos com um diploma de ciências, tecnologia, engenharia, matemática ou artes e / ou aqueles que têm mais de US $ 5.000 em dívidas de faculdade são elegíveis para receber a bolsa. Os professores que se mudam para Hamilton e lecionam em período integral por cinco anos acadêmicos consecutivos em escolas selecionadas de baixa renda, também terão benefícios e podem se qualificar para retornos ainda maiores de empréstimos estudantis – o valor pode chegar até US $ 17.500.

North Platte, Nebraska,

A torre dourada do ponto em Platte norte, Nebraska. Wikipedia Commons

Em 2017, a câmara de comércio de North Platte começou a oferecer até US $ 10.000 para qualquer pessoa que se mudar para lá para um emprego. Os novos funcionários devem concordar em permanecer em suas empresas por pelo menos três anos. Em uma entrevista ao jornal ‘The Wall Street Journal’, a jovem de 25 anos Audrey Bellew, graduada em direito, disse que usou o dinheiro para pagar por sua mudança.

A doação também a ajudou com os custos de vida, enquanto ela estudava para o exame de qualificação para exercer a profissão até que ela conseguiu um emprego em um escritório de advocacia local. A cidade espera que o programa ajude a região a preencher suas centenas de vagas de emprego.

Detroit, Michigan, 

Lançado em 2008, o Desafio Detroit oferece bolsas pagas para que graduados de fora do estado se mudem, vivam e trabalhem na cidade. Todos os anos, cerca de 30 bolsistas são escolhidos para trabalhar com empresas locais e organizações sem fins lucrativos, com a opção de se estabelecerem na cidade após o término do programa de 12 meses. Os bolsistas ganham US $ 36.000 por ano, além de benefícios.

Marne, Lowa

As pessoas que se mudam para Marne, Iowa, podem receber terras gratuitas. Localizada a cerca de uma hora de carro de Des Moines, a cidade de Marne está fornecendo terra livre para novo

Terrenos em Marne, Lowa visto de cima. Google Earth

s moradores que querem construir uma casa lá. Os lotes têm em média cerca de 9.600 metros quadrados.

Financiado por doações, o programa começou há uma década para atrair mais trabalhadores para a cidade. O esforço parece ter dado resultado, a taxa de desemprego de Iowa é de 2,9%, o que é muito inferior à taxa nacional de 3,8%.

Cottonwood Falls, Kansas

Novos moradores de Cottonwood Falls, Kansas, podem não precisar pagar imposto de renda nos primeiros cinco anos. Cottonwood Falls instituiu um programa exclusivo de incentivo financeiro para novos residentes elegíveis. Por até cinco anos, o Kansas renunciará ao imposto de renda destes novos moradores.

Designada como uma Zona de Oportunidade Rural, a cidade fica em um dos 77 condados que o estado autorizou a oferecer ofertas a recém-chegados. Os negócios variam. As pessoas que se mudam para Colby, uma cidade no condado de Thomas, podem solicitar as renúncias de imposto de renda e até US $ 15.000 em reembolsos de empréstimos estudantis. O mesmo vale para Oberlin, Eureka e Stockton.

Burlington, Vermont

Erika J Mitchell / Shutterstock

Os trabalhadores que se mudam para Burlington, Vermont, podem receber até US $ 10.000. A partir de janeiro de 2019, Vermont pagará US $ 10 mil em dois anos para um pequeno número de trabalhadores remotos que se mudam para lá – dinheiro que ajudará a cobrir custos de realocação, software e hardware, acesso à internet e participação em espaços de trabalho conjunto. O governador Phil Scott sancionou o projeto no final de maio.

Ao atrair trabalhadores de tecnologia de fora do estado, o programa de subsídios espera revitalizar a força de trabalho envelhecida de Vermont. Como o jornal ‘Burlington Free Press’ publicou, o estado está envelhecendo mais rápido que o resto dos EUA, e tem a terceira maior idade mediana do país.

O programa estadual não se limita aos recém-chegados à Burlington, mas como a cidade é a maior em Vermont, pode ser um local atraente para novos residentes.

Com informações: Business Insider