Prefeita de Atlanta barra prisão de ilegais nas cadeias da cidade

Crédito: longislandwins

A Prefeita Keisha Lance Bottoms assinou uma ordem executiva ordenando que o Centro de Detenção da Cidade de Atlanta parasse de aceitar detentos da Agência de Imigração e Alfândega dos EUA – ICE. A prisão recebia os detidos sob um acordo com o Serviço de Marechais dos EUA.

ATLANTA – A prefeitura de Atlanta não aceitará mais imigrantes detidos por autoridades federais, anunciou a prefeita na última quinta-feira. No anúncio oficial Keisha Lance afirmou que essa é a “melhor maneira de demonstrar a oposição de sua administração às atuais políticas desumanas de imigração”. A ordem orienta o chefe de carceragem de Atlanta a solicitar formalmente que a polícia do ICE transfira todos os detidos o mais rápido possível.

“À medida que trabalhamos para alcançar nossa visão de uma Atlanta que é acolhedora e inclusiva, com oportunidades iguais para todos, é insustentável para a nossa cidade ser cúmplice nas desumanas políticas de imigração que levaram à separação de centenas de famílias nos Estados Unidos. Até que as políticas de imigração sejam reformadas, recusar a manutenção de presos federais é a única maneira pela qual Atlanta pode viver de acordo com seu “legado de compaixão e tolerância”, disse Bottoms.

A polêmica decisão da Prefeita ainda chamou atenção por proteger a ideia do ‘sonho americano’.  “As ofensas civis não justificam conseqüências criminais – e ninguém deve ser preso apenas porque elas buscam o sonho americano”, acrescentou em seu comunicado.

Representante dos EUA e ícone dos direitos civis, John Lewis, aplaudiu a ação de Bottoms, comentando em um comunicado que “as pessoas em toda a Geórgia sofrem de uma política federal que é cruel e desumana”.

Com informações: AP